MEU CALCANHAR DÓI!

Nenhuma doença do pé e tornozelo é mais frustrante de tratar do que as que envolvem o tendão do calcanhar, ou tendão de Aquiles. A paciência do paciente e médico são fundamentais. Esse tendão é formado pelos dois músculos da panturrilha, indo do joelho até o calcanhar e ele é responsável por fazer a flexão plantar do tornozelo.


O suprimento sanguíneo para o tendão, o nível de atividade a que nos expomos no dia-a-dia e o nosso peso estão diretamente relacionados com as lesões que vamos encontrar nesse local.


Você pode ter visto ou sentido essa inflamação como aquele aumento do calcanhar que fica “pegando” no calçado e vai piorando aos poucos. O nome médico para esse aumento é “Haglund”. Basta entender que trata-se da inflamação justamente onde o tendão gruda no osso.



O tratamento envolve medicações anti-inflamatórias por curtos períodos, exercícios para alongamento muscular, uso de calcanheiras para elevar o pé dentro dos calçados ou apoios de silicone para facilitar uso de sapatos fechados. Em alguns casos, o uso de imobilizações também pode ser necessário. Em casos extremos e sem melhora após longo período de tratamento conservador, podemos pensar em tratamento cirúrgico. Nesse caso, cada técnica é individualizada e deve ser discutida com seu médico.


A inflamação também pode acontecer um pouco mais para cima, ainda no corpo do tendão, sem esse aumento de volume. O tratamento conservador vai respeitar os mesmos princípios. O diferente é que há uma chance um pouco maior de rompimento do tendão e isso deve ser acompanhado mais de perto.


Seja qual for o seu caso, nos procure para uma avaliação. E lembre-se: atividade física é fundamental, mas nenhum exagero é saudável! Conte sempre conosco da Clínica Ortopédica Paulista.

151 visualizações

Dr. Luis F. Q. Toledo 
Diretor Técnico Médico 
CRM - SP 43052