Quais tipos de prótese de quadril existem e qual é o melhor pra mim?

Questionamento frequente no consultório os pacientes têm cada vez mais se interessado pelo tipo de prótese que terão implantada em seu corpo para o tratamento da artrose do quadril.


As próteses totais de quadril diferem primeiramente quanto ao método de fixação, podendo ser presas ao osso por cimento ósseo, próteses cimentadas, ou colocadas diretamente sobre ele, próteses sem cimento ou ainda uma combinação entre componentes cimentados e sem cimento como no caso das próteses hibridas. Outra coisa que pode variar são as superfícies de atrito ou par tribológico como a medicina chama. São componentes modulares, intercambiáveis com diferentes coeficientes de atrito e desgaste, além de dureza. São eles as cabeças femorais, que vão encaixadas no componente protético que vai preso ao fêmur e que podem ser de metal ou cerâmica. E os liners ou insert acetabulares que vão dentro do componente que fica preso a bacia, que podem ser de plástico de alta resistência (polietileno Cross linked), de cerâmica ou metal (em desuso atualmente). Cada combinação dessa permite que o cirurgião chegue a prótese mais específica para cada paciente, levando em conta não só a idade, e o tempo de durabilidade dos implantes mas também a expectativa e necessidades de cada paciente, sua anatomia, qualidade óssea e a natureza do desgaste ou dano a articulação.


Converse com seu cirurgião, exponha suas dúvidas e expectativas!



Dr. Bruno F. Scatigna

Ortopedia e Traumatologia 

Cirurgia do Quadril e da Pelve 

CRM 134401

TEOT 12655

159 visualizações

Dr. Luis F. Q. Toledo 
Diretor Técnico Médico 
CRM - SP 43052